Cada vez mais conectado e digital, o consumidor tem se mostrado mais adepto a utilizar meios de pagamento eletrônicos e todas as facilidades que a tecnologia pode oferecer quando se fala em compras online. Nesse sentido, é notável o surgimento de iniciativas e negócios voltados a soluções financeiras, como as fintechs e a criação de cartões sem anuidade, contas digitais, otimização de checkout, entre outros serviços.

Dados da Dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartão de Crédito e Serviços (Abecs) revelam que em 2017 os brasileiros movimentaram R$580 bilhões com cartões – sendo R$354 bilhões em cartão de crédito e R$226 bilhões em cartão de débito. Em ambos os casos, houve alta no uso deste meio de pagamento se comparado ao mesmo período do ano anterior.

Com isso, evidencia-se o aumento da adoção de meios eletrônicos em detrimento do dinheiro em espécie e do cheque, por exemplo. Outra forma de pagamento bastante usual entre os consumidores brasileiros é o boleto bancário.

Hora do checkout: Quer pagar como?

Atualmente, a Via Varejo é o único player do mercado a aceitar a divisão de pagamento entre boleto bancário e cartão. Funciona assim: nas compras acima de R$150,00, o cliente escolhe quanto deseja pagar com boleto e em seguida, verifica as opções de parcelamento no cartão para o valor restante do total da compra. Além disso, desde 2015, nossos sites contam com a divisão do pagamento em dois cartões de crédito, meio de pagamento que em 2017 apresentou alta de 21% no e-commerce.

Outro aspecto importante é a quantidade de informações e etapas necessárias para finalizar uma compra; no checkout, a Via Varejo oferece diversas opções de pagamento, como os cartões próprios, carteiras digitais (Paypal, Visa Checkout e Masterpass), e funcionalidades como o armazenamento dos dados do cartão de crédito, que proporciona aos clientes maior rapidez e agilidade nas compras futuras.

Para garantir que a experiência de compra atenda as necessidades do cliente, melhorar de forma contínua as etapas relativas a uma venda online torna-se fundamental. Assim, ao pensarmos em como facilitar o pagamento, criar alternativas que solucionem possíveis dificuldades ou limitações econômicas, por exemplo, é uma estratégia capaz de trazer maior competitividade e fidelização.